Como fazer dieta para diverticulite 2023

Publicado por
Em
Dieta para diverticulite
Anúncios

A diverticulite é uma condição gastrointestinal que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. É uma inflamação dos divertículos, pequenas bolsas ou sacos que se formam na parede do cólon. A médica coloproctologista Monica Pacheco esclarece que a diverticulite costuma surgir em regiões enfraquecidas nessa parede, podendo ou não se tornar complicada, o que pode requerer hospitalização e, em alguns casos, cirurgia.

Embora possa ser dolorosa e desconfortável, a boa notícia é que a dieta desempenha um papel crucial no seu tratamento e prevenção. O portal Manual da Web aborda mais sobre as causas desse transtorno e como fazer uma dieta para diverticulite em 2023, incluindo o que comer, o que evitar, como aliviar os sintomas e ferramentas digitais para auxiliar nessa caminhada. 

Nota:
4.1/5
Instalações:
5MI+
Tamanho:
51M
Plataforma:
Android
Preço:
R$0

O que é?

Anúncios

A diverticulite é uma condição que ocorre quando os divertículos, pequenas protuberâncias na parede do cólon, ficam inflamados ou infectados. Essa inflamação pode causar uma série de sintomas desconfortáveis, como dor abdominal, febre, náuseas e alterações no padrão intestinal, como diarreia ou constipação.

O que comer quando se está com diverticulite?

Uma dieta adequada desempenha um papel fundamental no manejo da diverticulite. Aqui estão algumas diretrizes gerais sobre o que comer:

1. Fibras

Alimentos ricos em fibras são essenciais para o tratamento e prevenção. Eles ajudam a amolecer as fezes e evitar a pressão sobre os divertículos. Fontes de fibras incluem frutas, legumes, grãos integrais, leguminosas e sementes. 

2. Água

Manter-se hidratado é crucial para a saúde digestiva. Lembre-se de beber água regularmente, garantindo que você esteja adequadamente hidratado.

3. Alimentos ricos em probióticos

Alimentos que contêm probióticos, como iogurte e kefir, podem ajudar no equilíbrio da flora intestinal e promover uma digestão saudável.

4. Carne magra e proteínas

Opte por carnes magras, como frango sem pele e peixes, além de fontes de proteína vegetal, como tofu e feijão.

O que não se deve comer com diverticulite?

Evitar certos alimentos pode reduzir os sintomas e prevenir recorrências da inflamação. Aqui estão alguns alimentos a serem evitados:

1. Alimentos processados e ricos em gordura

Alimentos processados, fritos e ricos em gordura podem agravar os sintomas da diverticulite. Evite fast food, salgadinhos e alimentos ricos em gordura saturada.

2. Sementes e nozes

Há muito tempo, acreditou-se que sementes e nozes poderiam agravar a diverticulite, mas as evidências científicas são inconsistentes. Alguns profissionais recomendam evitá-los, enquanto outros permitem o consumo moderado. Consulte o seu médico para maiores orientações.

3. Laticínios integrais

Produtos lácteos integrais podem ser difíceis de digerir para algumas pessoas. Opte por versões com baixo teor de gordura ou alternativas sem lactose, se necessário.

O que ataca a diverticulite?

A diverticulite pode ser desencadeada por vários fatores. Para compreender melhor o que pode provocar essa inflamação dolorosa, é importante analisar alguns dos principais desencadeadores da diverticulite e como eles afetam o cólon. Alguns dos principais causadores são:

1. Dieta pobre em fibras

Uma dieta com baixo teor de fibras pode levar à constipação e à formação de fezes duras, o que aumenta a pressão no cólon e contribui para o desenvolvimento de divertículos.

2. Envelhecimento

A idade é um fator de risco, uma vez que os divertículos tendem a se formar com o tempo.

3. Genética

A predisposição genética desempenha papel importante. Se você tem familiares com histórico de diverticulite, está em grupo de risco.

4. Obesidade

O excesso de peso pode aumentar a probabilidade de desenvolver a doença, possivelmente devido à pressão extra sobre o cólon.

5. Falta de atividade física

A falta de exercício regular pode contribuir para o desenvolvimento da inflamação.

6. Tabagismo

Fumar cigarros tem sido associado ao aumento dos casos.

7. Uso excessivo de medicamentos

O uso prolongado de alguns medicamentos, como anti-inflamatórios não esteroides (AINEs).

8. Má circulação sanguínea no cólon

Problemas circulatórios no cólon podem aumentar a chance de desenvolver a doença.

9. Estresse

Embora o estresse por si só não cause diverticulite, pode agravar os sintomas em pessoas que já têm a condição.

10. Outros fatores

Traumatismos abdominais, como cirurgias abdominais anteriores, também podem ser um fator desencadeante. Se você suspeita que está sofrendo de diverticulite ou está em risco, é fundamental consultar um médico para avaliação e orientações adequadas.

Dieta para diverticulite
Dieta para diverticulite

Como aliviar os sintomas da diverticulite?

Existem outras medidas que podem ajudar a aliviar os sintomas:

1. Repouso

Descansar o corpo permite que ele se recupere mais rapidamente de uma crise. Enquanto descansa, que tal aprender um novo hobby? Conheça o aplicativo para aprender a fazer crochê pelo celular, clique aqui.

2. Medicamentos

O médico pode prescrever antibióticos e analgésicos para tratar a infecção e aliviar a dor.

3. Diário alimentar

Use a ferramenta Tecnonutri para registrar suas refeições diárias, acompanhando sua ingestão de calorias, fibras, carboidratos, proteínas e gorduras. Isso ajudará a elaborar uma dieta para diverticulite e a identificar alimentos que podem desencadear sintomas.

O que é bom para diverticulite inflamada?

Quando a diverticulite está inflamada, é essencial seguir uma dieta de baixa fibra durante alguns dias para reduzir a irritação no cólon. A plataforma Tecnonutri pode fornecer orientações específicas sobre como adaptar sua dieta durante esses períodos.

Como elaborar uma dieta para diverticulite?

O aplicativo conta com programas para alcançar o seu melhor, de forma planejada e segura. A equipe nutricional garante protocolos confiáveis, como as dietas Detox, Low Carb, Cetogênica, Jejum intermitente, dieta para diverticulite ou outras restrições alimentares, para que você viva de forma saudável.

Nota:
4.1/5
Instalações:
5MI+
Tamanho:
51M
Plataforma:
Android
Preço:
R$0

Tenha assessoria com especialistas

O aplicativo também oferece a oportunidade de consultar nutricionistas, educadores físicos e psicólogos online para obter orientações personalizadas. Você pode participar de aulas ao vivo com especialistas que ensinam sobre vida saudável e cuidados com o corpo e a mente. A dieta para diverticulite desempenha um papel crucial no tratamento e prevenção da alteração intestinal. Tecnonutri é uma ferramenta valiosa para auxiliar no gerenciamento da dieta, rastrear a ingestão de fibras e oferecer programas personalizados para promover a saúde gastrointestinal. Lembre-se de consultar um médico ou nutricionista antes de fazer grandes mudanças na sua alimentação.

Anúncios

Leia mais em Saúde

Teste de ansiedade com resultado na hora: veja onde fazer

Teste de ansiedade com resultado na hora: veja onde fazer

O Brasil, infelizmente, tem um dado muito significativo e triste: é o líder no mundo...

Leia mais →
Vacinação para bebês: baixe o app que te mostra todas as vacinas 

Vacinação para bebês: baixe o app que te mostra todas as vacinas 

Papais e mamães, seguir o calendário de vacinação para bebês é essencial, visto que as...

Leia mais →
Meu SUS Digital: app para cadastro no Farmácia Popular

Meu SUS Digital: app para cadastro no Farmácia Popular

Você sabia que o Governo Federal tem um aplicativo repleto de soluções para facilitar seu...

Leia mais →
Descubra como medir pressão arterial usando a câmera do celular 

Descubra como medir pressão arterial usando a câmera do celular 

Considerado um problema crônico de saúde, o aumento na pressão arterial sanguínea, (quando a medição...

Leia mais →